Feeds RSS
Feeds RSS

sábado, 26 de fevereiro de 2011

O Livro Negro das Cores



"O Livro Negro das Cores" fascina qualquer leitor, seja ele de que idade for. Se no artigo anterior eu vos aconselhava a comprar o "Zbiriguidófilo", ordeno-vos que comprem "O Livro Negro das Cores, é uma bela surpresa e porque não um belo presente?
Este livro leva-nos ao mundo dos sentidos, mundo este que deve ser cada vez mais explorado e desenvolvido desde de muito cedo na criança para esta se tornar uma pessoa adulta sensível, desperta para as emoções e apta a agir e explorar.
No mundo deste livro descobre-se que não é preciso ver para sentir, seja por Braille, por imagens com relevo, com palavras sem cor...basta toda a beleza e seguir todo o nosso Mundo da Imaginação e sensibilidade pessoal.
As crianças são "bombardeadas" por informações, emoções, valores e sentimentos; não são por elas realmente vividos, são sim condicionados pelos media. A criança telespectadora de hoje é envolvida numa situação em que apenas utiliza a visão e a audição. O livro, hoje em dia, é cada vez mais necessário para permitir à criança o exercício da imaginação em que ela própria irá criar as suas imagens.
Não basta dizer à criança; "Isto é a cor castanha, é a cor do chocolate", a criança precisa de sentir o cheiro, de tocar, de saborear, de ouvir, de experimentar. Cada uma segundo os seus sentidos e emoções.
E agora a nossa dramatização, penso que as imagens valem por mil palavras, o grupo é composto pela minha pessoa (Ilda Covas, Cristina Sereno,Clara Sant'Ana e Sofia Machado). Espero que gostem tanto quanto nós.


2 comentários:

Micaela disse...

Um tema muito interessante e pouco explorado, já conhecia algumas técnicas dentro do género mas não conhecia este livro. Muito bom. :)

Micaela

Familia Lopes disse...

Com a vossa apresentação fiquei curiosa em conhecer o livro. Muito bem.

Gena

Enviar um comentário